A compra de um imóvel não é o tipo de investimento feito por impulso. É preciso organizar as finanças, pesquisar o mercado e encontrar a propriedade ideal de acordo com os objetivos (moradia, aluguel, imóvel comercial, dentre outros).

Mesmo com a alta do dólar e a instabilidade da economia brasileiro, fechar negócio nos Estados Unidos ainda é mais vantajoso do que investir no Brasil. Apesar da desvalorização do real diante da moeda norte-americana, é importante lembrar que o processo de compra e a burocracia são menores e que o rendimento também é em dólar.

Para quem visualiza o investimento como uma forma de gerar rendimentos, o sul da Flórida tem sido uma ótima alternativa, e vamos mostrar neste post alguns motivos para investir no mercado imobiliário da região.

Preços competitivos

Basta dar uma olhada nos classificados das capitais brasileiras para perceber que, mesmo diante da crise, o mercado continua inflacionado. No post Valor dos imóveis mostra disparidade entre Brasil e EUA, publicado em agosto de 2017, fizemos alguns comparativos mostrando que imóveis semelhantes tendem a ser muito mais caros no Brasil. Mesmo com o dólar em alta, o investimento nos Estados Unidos é mais vantajoso, uma vez que o lucro gerado também é em dólar e as propriedades que custam o mesmo valor no Brasil são mais atrativas.

Semelhança natural e climática

Pode parecer irrelevante, mas a natureza e o clima fazem toda a diferença na hora de escolher um imóvel em outro país, por isso a tendência para os brasileiros é buscar regiões onde o clima é ameno e parecido com o Brasil – e o sul da Flórida é exatamente assim. E se as praias, o clima tropical e a presença de imigrantes latinos calorosos e animados não forem motivos suficientes, saiba que o sul da Flórida é como um Brasil melhorado: além dos atrativos citados, os habitantes ainda contam com serviços públicos de qualidade, segurança e acesso a saúde e boas escolas.

Mercado aquecido e valorizado

Miami e cidades adjacentes estão sempre na mira do resto do mundo como uma das regiões mais estáveis, com uma economia sólida e investimentos recorrentes em diversos setores. A entrada constante desses recursos é o que faz a economia girar e a região crescer de forma significativa. Para o investidor do mercado imobiliário, outro ponto importante é o fator revenda: o dinamismo do mercado com uma grande demanda faz com que as propriedades estejam sempre valorizadas.
Outro ponto vantajoso, é a facilidade na revenda dos imóveis no sul da Flórida que, por haver grande procura, mantêm as propriedades em constante valorização, especialmente nas áreas mais efervescentes, como Miami, Fort Lauderdale, Pompano Beach e Boca Raton.

Crescimento exponencial

De acordo com dados do U.S. Census Bureau e divulgados no ISG Miami Report, analisado recentemente aqui no JOMI, a Flórida recebe cerca de 27.000 novos habitantes por mês. Com uma população atual de mais de 20 milhões de habitantes, esse número deve chegar a 26 milhões até 2040. Para o investidor visionário, esse crescimento indica que nos próximos anos a procura por imóveis no estado será maior do que a oferta – e quem tem imóveis para alugar ou vender, a realização de bons negócios já é uma certeza.

Assistência em português

Embora as grandes cidades do sul da Fórida tenham uma quantidade significativa de moradores brasileiros, para quem vem ao país para realizar negócios e investir no mercado imobiliário, é importante tem um respaldo profissional em português. Ter amigos brasileiros nos EUA é ótimo, mas ter uma equipe profissional falando sua língua é fundamental, e nós estamos à disposição para auxiliá-lo.

Você já conhece as melhores cidades dos condados de Miami-Dade, Broward e Palm Beach? Cada lugar no sul da Flórida tem algo de especial. Com base nas suas necessidades e interesses, podemos buscar juntos os melhores investimentos imobiliários. Entre em contato comigo: Désirée Ávila Wilcox – sua corretora de imóveis na Flórida – pelo e-mail desiree@corretoraflorida.com ou pelo celular/Whatsapp (+1) 954-993-4246.

Corretor-financeiro-generico