Para muita gente, morar na Flórida é a realização de um sonho. Principalmente com a baderna política e a crise econômica que assolam o Brasil nos últimos anos, a perspectiva de viver em um país de primeiro mundo é o que move essas pessoas em busca de um presente e um futuro melhor.

Viver em outro país tem seus ônus e bônus. É comum o pensamento de que a partir da mudança tudo vai ser melhor, no entanto – e sem querer colocar na areia nas suas expectativas – morar na Flórida não é um conto de fadas. Passada a empolgação inicial, muitos brasileiros e latinos em geral começam a perceber que aquela idealização de uma vida perfeita não condiz com a realidade. O que se nota facilmente entre os imigrantes recém-chegados é o desânimo quando se dão conta de que o estilo de vida não se assemelha ao que eles estavam habituados no país de origem, mesmo com uma comunidade brasileira ativa em várias regiões do sul da Flórida e com uma cultura parecida em muitos aspectos.

+ Como se adaptar nos EUA: dicas para facilitar as mudanças no seu estilo de vida
+ Alimentos preferidos dos brasileiros nos supermercados dos EUA

Morar na Flórida: entendendo as emoções

O fato é que você pode até se sentir realizado por estar nos Estados Unidos e vivendo uma vida mais segura e financeiramente estável, mas é importante ter consciência das suas raízes e agregar seus histórico de vida à sua atual realidade. Imprevistos sempre irão acontecer, independentemente de onde você esteja, assim como ficar doente e sentir saudade de alguém que está longe. Esses sentimentos são inevitáveis, mas em vez de se entregar à dor pelas diferenças culturais e pela saudade das suas raízes, você pode se esforçar para se adaptar bem a essas mudanças.

Viva o luto

É normal que o imigrante acabe sentindo uma sensação como a do luto, afinal de contas o sentimento é o de ter deixado tudo para trás, inclusive amigos e, muitas vezes, familiares. Saudade, culpa e arrependimentos em relação às pessoas ou circunstâncias em sua terra natal são comuns. Nessas horas, o mais importante é refletir e desenvolver o autoconhecimento. Lembre-se de que esse processo de mudança de país é uma fase e logo você estará mais familiarizado com a cultura do lugar e com os novos amigos na região.

+ Diferenças entre brasileiros e americanos
+ Dirigindo na Flórida

Participar de festivais, feiras e eventos culturais vai ajudá-lo a se sentir mais inserido na cultura norte-americana.  Foto: travelplanners.co.uk
Conheça o idioma

Saber o básico ou conhecer muitos brasileiros na comunidade certamente irão ajudá-lo a se virar, mas é só isso que você espera da sua experiência de vida nos Estados Unidos? O ideal é que você saia do Brasil com uma boa base de inglês, mas, caso não seja possível, não falta escolas e instituições comunitárias para ajudá-lo no aprendizado do idioma. Conseguir se comunicar em inglês vai deixá-lo mais inserido na cultura norte-americana, além de evitar o desapontamento por não conseguir trocar mais de uma frase com um nativo da língua.

Um peixe fora d’água

A sensação de não pertencer à comunidade é absolutamente normal. Esse sentimento de ser um peixe fora d’água contribui para a fragilidade emocional devido, principalmente, à falta de identificação com o ambiente e com as pessoas. No Brasil você sempre teve referenciais, como lugares que costumava frequentar, bairro onde passou a infância, a praia que sempre ia aos finais de semana e até mesmo aquele sotaque que estava acostumado a ouvir todos os dias e em qualquer lugar. O momento atual, em outro país, exige que você se reinvente! É hora de conhecer novos lugares, buscar sua praia favorita no sul da Flórida e fazer novas amizades. Esse processo de reinvenção só depende da forma com que você encara as novas circunstâncias.

Permita-se vivenciar as emoções

Nos Estados Unidos, no Brasil ou em qualquer outro lugar deste planeta, as emoções básicas como felicidade, tristeza, medo, insegurança, ansiedade e prazer continuarão existindo. O que você precisa fazer é acolher os sentimentos e tentar lidar da maneira mais saudável com as situações que a vida trouxer. Você pode morar na Flórida ou em outro lugar, mas sua bagagem interna e sua personalidade continuam as mesmas. Desenvolver o autoconhecimento vai tornar sua vida de imigrante mais fácil e suas experiências cada vez mais naturais.

+ Cursos e escolas de inglês nos Estados Unidos
+ Visto de estudante para os EUA: dúvidas sobre o visto e o processo de imigração

morar na flórida

Dicas para vencer os desafios emocionais ao mudar de país
1. Cuide do corpo e mente

Coloque-se em primeiro lugar. A mudança de país exige que você esteja bem consigo mesmo e que se sinta seguro com quem você é. Fazer exercícios físicos vai ajudar a estimular corpo e mente.

2. Tenha os pés do chão

Tente criar expectativas realistas antes de partir para morar na Flórida. Busque informações sobre a cultura local, faça parte de grupos de imigrantes nas redes sociais e converse com amigos que já estejam morando nos Estados Unidos. Outra coisa importante é ter consciência de que você não vai ficar rico da noite para o dia! Apesar de receber em dólar, seu gastos e seu custos básicos de vida serão gastos na mesma moeda.

3. Busque apoio

Se a mudança for feita com toda a família, programe atividades de inserção na cultura da cidade, como festivais e eventos comunitários. Caso esteja se mudando sozinho para outro país, busque a comunidade brasileira (muitas cidades têm lojas que vendem produtos brasileiros!) e tente se enturmar com os americanos.

morar na flórida
Art Deco Weekend, em Miami Beach. Os festivais e feiras acontecem durante o ano inteiro pelas cidades do sul da Flórida. Foto: site oficial Art Deco Weekend
4. Abra-se para novas experiências

Coloque uma coisa na cabeça: sua vida nos EUA não vai ser igual ao que era no Brasil. Em vez de comparar os dois países, a cultura ou as pessoas, simplesmente aceite sua nova realidade de braços abertos e tente tirar o melhor proveito das novas experiências que atravessarem seu caminho. Entender e aceitar as diferenças culturais e suas próprias limitações e escolhas é o primeiro passo para uma mudança bem-sucedida de país.

Se você está de mudança para os Estados Unidos e precisa de ajuda na busca de imóveis, fale comigo: Désirée Ávila – sua corretora de imóveis na Flórida – pelo e-mail desiree@corretoraflorida.com ou pelo celular/Whatsapp (+1) 954-993-4246.